Regina Duarte foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria de Cultura na sexta-feira (17), após a demissão do secretário Roberto Alvim. Ao divulgar o Prêmio Nacional das Artes, programa do governo federal para a área com investimento de R$ 20 milhões para editais com aportes diretos do governo, o então secretário usou uma frase dita por um líder nazista.
Pelo Twitter, Bolsonaro afirmou que teve "uma excelente conversa sobre o futuro da cultura" do Brasil. "Iniciamos um noivado que possivelmente trará frutos ao país", escreveu.